Contrato Ágil

A adoção de métodos ágeis não deve se restringir a equipes de tecnologia, pois para atingirmos a plenitude do seu potencial, na valorização das pessoas, da interação entre elas, na entrega antecipada e diária de valor ao negócio, é necessário buscar o envolvimento de todo o ecosistema.

Quando digo ecossistema, referencio todas as áreas direta e indiretamente envolvidas – desenvolvimento, backoffice, áreas de negócio, fornecedores, clientes, parceiros, … de forma que busquem alinhamento e sinergia. É um assunto extenso, que exige argumentação e entendimento, vou montar um Prezi para isto e postar aqui mais adiante, enquanto isto, uma abordagem superficial:

Contratos Waterfall e gerenciamento tradicional

No gerenciamento tradicional, tinhamos o famoso triangulo preconizado pelo PMI, em que custos, cronograma e escopo deveriam ser minuciosamente conhecidos e rigidamente gerenciados, lançando mão do famoso processo de “change management”, que a cada pequena alteração iniciava um pequeno ciclo de gestão de impacto e acréscimo de custos.

Era um jogo sutil de opacidade, com falta de transparência de parte-a-parte, posto que cada lado exercitaria o seu direito de ganhar o máximo e perder o mínimo. Parecia uma guerra, no fundo não deixava de ser, relatórios de avaliação estatística de projetos como os do PMI, Chaos Report, etc  sempre apontaram margens de menos de 15% de projetos de sucesso.

O insucesso era decorrente do descontrole sobre mudanças, retrabalho, custos extras, estouro dos prazos, demissões, contratações adicionais, noites em claro, baixa qualidade, falta de entendimento real do que deveria ser feito, tanto pelo cliente quanto pelo fornecedor, foco excessivo e necessário no “contrato assinado e rubricado” para garantir “dispositivos legais” a ambas as partes.

Perdi a conta, em 30 anos de atuação na área de desenvolvimento de software, quantas vezes vi parcelas não pagas, ameaças judiciais, funcionalidades e mesmo sistemas inúteis, tudo lastreado por um contrato com escopo de 40 ou mais páginas e cronogramas com projeção para 6 meses de trabalho. Previamos que dali a 95 dias o João ia desenvolver em 10 Hrs a funcão X, módulo Y, sistema Z.

No fundo, todos sabia que após 1 mês detalhando escopo e montando o cronograma detalhado, bastavam algumas semanas para transformá-los em peças de museu, apesar de o gerente do projeto gastar energia a cada mês na hora do status report … que voltava com um “Parabéns” pelo ótimo trabalho.

Contrato Ágil de desenvolvimento de software

No curso de Scrum, descobrimos que o método ágil NÃO resolve os problemas, ele apenas garante que os problemas ficarão visíveis … Se o fornecedor não tem ética, o cliente quer tirar vantagem de tudo, “ninguém quer saber se o pato é macho, mas querem o ovo” … NÃO tem macumba que faça dar certo !

Uma empresa ágil disse que um cliente que exigisse contrato com escopo fechado receberia o cartão da empresa e o pedido de que após dar tudo errado e se fosse começar novamente, desta vez certo, voltasse que eles teriam o maior prazer em trabalharem juntos … mas, sem agilidade não tem negócio.

Um contrato ágil não é igual a um contrato tradicional de escopo fechado, mas não é a bagunça anarquista que alguns imaginam, pois tem um escopo desejado, valores a serem cobrados e tempo combinado. A diferença é que sua execução resguardará o método, timeboxes, papéis e artefatos, de forma que um processo ágil de sucesso possa ser executado e ao final o melhor produto entregue.

A partir do primeiro dia, temos duas claras esferas de atuação, uma COM crachás, exercido pelo gerente de conta e aquele designado pelo cliente para questões financeiras, a outra é SEM crachá, em que TODOS são um só time, com transparência e atitude, sentimento de pertencimento e foco em agregar valor.

A cada dia, uma reunião diária entre TODOS os integrantes do time, avaliando a evolução das “user stories” e tarefas, definindo micro-ações para correção de desvios, apoiando uns aos outros onde é mais importante, entregando aquilo que realmente é importante e factível, com qualidade.

O representante do cliente (product owner), trabalhará diariamente para dar o Norte e tomará as decisões necessárias para que todos possam fazer o melhor, é um contrato que não deixa margens para desconfianças e descréditos, o principal fundamento é a parceria e a certeza de que é bom para os dois chegarem ao final das Sprints e Releases com um ótimo produto, com orgulho.

Case hipotético

O site de uma revista é composto por edições, capa, matérias, vídeos, mural, enquetes, galeria de fotos, blog, votações e agenda, TODAS estas funcionalidades estarão explicitadas superficialmente no contrato, detalhadas o suficiente para entendimento do que é e características úteis as mesmas. A partir deste entendimento geral, há um trabalho para estimativa em alto nível do tempo necessário, um dimensionamento de equipe para possibilitar a formação do custo mensal e total.

  • Contratação de uma equipe de 12 pessoas
  • O período acordado é de 5 meses
  • Custo mensal de 100 Mil, logo, total de 500Mil
  • Características serão avaliadas e apresentadas a cada Sprint
  • Reuniões diárias para tomadas de decisão
  • As entregas serão quinzenais
  • Método Scrum – papéis, timeboxes, artefatos e suas regras

Garantia ?

Se há confiança e colaboração, há a certeza, independente do crachá de cada um do time, de que as decições serão tomadas de forma colaborativa e responsável, visando transformar o resultado do projeto em um case de sucesso para o negócio e que consequentemente alavancará novos contratos.

Se o cliente não esta maduro e não entendeu as vantagens de alocar alguém como PO, de manter o escopo aberto, detalhando um Sprint por vez, validando o caminho, confirmando o valor … mostre a ele que é possível fazer mais com menos, seja rebelde e mesmo que não seja exigido, faça gestão a vista, faça entregas parciais, mostre que esta é a melhor solução.

A premissa usada para equipes internas é a mesma na contratação de fornecedores, devemos ter orgulho do que fazemos, com quem fazemos e porque fazemos, com valores e culturas ágeis e construtivistas.

Anúncios

Uma resposta para “Contrato Ágil

  1. Pingback: Um ano e meio de blog – Obrigado galera! | Jorge Horácio "Kotick" Audy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s