Manifesto e Métodos Ágeis

Sempre me intrigou os passos prévios, havidos anos antes do “Manifesto Ágil para desenvolvimento de Software” e sobre os nomes que o assinaram, uma visão histórica pode auxiliar no melhor endereçamento para processos ágeis em áreas de backoffice e negócios.

O “Manifesto Ágil” é um documento divulgado em 2001, que declarou uma nova forma de entender projetos que lidam diariamente com imprecisão e imprevisibilidade, características inerentes ao processo de desenvolvimento de software e tecnologia.

Manifesto para o desenvolvimento ágil de software

Em Fevereiro de 2001, em uma estação de esqui em Utah, EUA, 17 profissionais que já vinham praticando, publicando e divulgando metodologias rotuladas como “leves”, se reuniram para declarar os pontos em comum que vinham chamando a atenção do mercado por gerarem bons resultados.

Alguns deles assumiram um status de referência, viajando o mundo, palestrando, criando institutos e certificações, desmistificam o desenvolvimento de SW, aproximando-o do negócio e das pessoas envolvidas nele, quebrando o paradigma do “nós” (TI) e “eles” (usuários).

Os métodos envolvidos no Manifesto criaram uma nova categoria, quase que uma nova filosofia de vida, passaram a ser chamados de “Métodos Ágeis”, baseados em 4 premissas e 12 princípios:

manifesto

principios

Os primórdios dos Métodos Ágeis

Na década de 50 no Japão, o visionário Taichi Ohno preocupava-se com o desperdício e implementava gatilhos que desligavam teares no caso de defeitos detectados, iniciava ali uma vida dedicada a novos modelos de produção. Anos mais tarde, na Toyota, entraria para a história com novos conceitos de gestão e de “produção enxuta”, que inspirariam os signatários do Manifesto a fazer diferente.

Nomes, métodos e datas envolvendo o pré e pós-manifesto:
. Toyota Production System -Taiichi Ohno – 1950
. The New New Product Development Game – Takeuchi e Nonaka – 1986
. Crystal Clear Method – Alistair Cockburn – 1992
. Scrum – Jeff Shuterland, Ken Schwaber e Mike Beedle – 1993
. Analysis Patterns, UML Distilled, Planning XP – Martin Fowler – 1994
. XP – Kent Beck, Ward Cunningham e Ron Jeffries – 1996
. Lean Thinking – James Womack e Daniel Jones – 1996
. DSDM (Dynamic Systems Dev.  Method) – Arie van Bennekum e outros – 1997
. FDD – Feature-Driven Development – Jeff De Luca e Peter Coad – 1997
. ASD – Adaptive SW Development – Jim Highsmith e Alistair Cockburn – 1997
. The Pragmatic Programmer – Andrew Hunt e Dave Thomas – 1999
. Lean Software Development – Mary e Tom Poppendieck – 2003
. BDD – Behavior Driven Development – Dan North – 2003

BackOffice e demais áreas de negócio ágeis:

As mesmas premissas que originaram o sistema Toyota e posteriormente os métodos ágeis de desenvolvimento de software são atuais e aplicáveis em qualquer área ou departamento, basta ter gente lá trabalhando:

. Times pequenos, auto-organizados, menos hierarquia e mais conhecimento;
. Foco em valor, saber o que realmente faz a diferença para o negócio e pessoas;
. Busca pela qualidade enxuta, orgulho do que se faz, mas sem desperdício;
. Ciclos curtos, iterativos-incrementais, na escala de dias ou semanas;
. Gestão visual, compartilhando diariamente as decisões tomadas;
. Usar uma linguagem comum para entendimento, para todo o ecossistema.

Qual o pacote mínimo recomendado? Pertencimento e Gestão Visual:

. Pacto, deve estar claro a todos os envolvidos quais os objetivos da mudança;
. Planejamento, por iteração, toda a equipe deve ter claro tarefas e objetivos;
. Quadro, importante ter um local onde o status das atividades seja visível;
. Reuniões Diárias, 15 minutos em que todos identificam gargalos e desvios;
. Entrega, ao final do período de uma iteração, esclarecer a todos os resultados;
. Retrospectiva, parando a cada fim de iteração para identificar melhorias.

Este assunto tem muito pano para manga, isto é apenas uma introdução, mas pretendo postar muito sobre adoção de métodos ágeis em outras áreas … um passo de cada vez, como deve ser !

Clique aqui e leia um pouco sobre PDCL Ágil … esse será o caminho !

Um comentário sobre “Manifesto e Métodos Ágeis

  1. Pingback: Um ano e meio de blog – Obrigado galera! | Jorge Horácio "Kotick" Audy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s