Resista a tentação de entregar a cereja, mas não o bolo

Creio que uma das mais importantes disciplinas ágeis é termos o discernimento quanto ao que é prioridade de verdade, diferenciando o urgente do importante, garantindo os pilares ágeis do Scrum (transparência, inspeção e adaptação) para a entrega de valor, cuidando para ter foco na tarefa certa para aquele momento.

Algumas pessoas ainda não entenderam que a liberdade do método NÃO é para podermos NÃO entregar o bolo, NEM entregar só a cereja, TAMPOUCO só o merengue, pois desde o Sprint zero e planning, passando pelas dailys e quadro atualizado o objetivo é entregar o melhor bolo possível, priorizando camadas, recheio e glacê de forma racional, sempre com a meta em mente … o bolo!

cerejadobolo

Dispersão e Estoque

Algumas vezes alguém esta tão atazanados com um problema, crise ou imerso em determinada tarefa que não interage o necessário para compartilhar, avaliar, para fazer o diagnóstico correto, de forma a guiar nosso bom senso na diária construção coletiva do que é valor, sempre atrás da meta do Sprint, da entrega.

Uma série de motivos bem intensionados nos fazem as vezes focar naquilo que é menos importante naquele momento ou ficar aceitando postergações sem colocar na mesa e usar a força do grupo para vencê-las, não podemos perder o poder de virar de mesa, manter sempre a vontade de fazer a diferença.

Quem já não ouviu a frase, “esta quase tudo pronto, mas nada em condições de ser entregue”, métodos iterativos-incrementais primam pelo fluxo contínuo, combatendo estoques de semi-acabados, repito, não adianta termos meio pão de ló, meio recheio, meio glacê e cereja, porque se isso acontecer teremos NADA.

priorização diária

Panóptico de Foucault

O Christian, internauta, leitor do Baguete, citou em um comentário o panóptipo de Foucault, continuação de estudos iniciados duzentos anos antes por Jeremy Bentham sobre vigilância integral em presídios, igual no trabalho, escolas, etc, a diferença é que no Scrum o dono desta vigilância é o próprio time, a seu favor.

O conceito de gestão visual, quadro de tarefas, impedimentos, alertas, agenda, métricas como o burn-down e lead time, junto a reunião diária pode sim ser vista como uma máxima de panóptico, entretanto, o objetivo é que o próprio time tenha 100% de seus fatos a sua frente, seus pactos, metas e status diário.

Conclusão

Manter-se no caminho certo é uma tarefa coletiva, por não ser fácil fazer sozinho é que as metodologias ágeis introduziram a gestão visual, dailys,  comunicação, decisão, planos de ação auto-organizados, sempre com foco em valor real, buscando consenso e evitando os pressupostos individuais ocultos.

No caso do Scrum, ele esta 100% voltado ao “somar” das forças de cada um, o problema e a maior dificuldade é trazer todos de suas zonas de conforto para o ato de compartilhar, debater e decidir diariamente como fazer ao invés de assumir que vai arriscar sozinho, afinal, a responsabilidade é de todos.

Anúncios

3 Respostas para “Resista a tentação de entregar a cereja, mas não o bolo

  1. Jorge

    Pronto não é quase pronto. Pronto é Pronto!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Se me permite vou fazer esse comentário muito voltado para a tua conclusão.

    Quando começamos a ter o primeiro contato com a metodologia, achamos que o quadro (Uma ferramente) é a grande chave, só que ai começamos a cair para dentro dos livros, artigos….. Ai chega o momento em que a metodologia começa a nos levar para o lado das pessoas, e vamos nos novamente fazer mais leituras (e isso é magnifico) e dessa fez livros que falem do pensamento do nosso cérebro, como convivemos em grupo, das reações das pessoas nas organizações e etc. Ai “subimos” mais um pouquinho e começamos levar esse conhecimento ao nosso dia da metodologia ágil….

    Jorge

    Precisamos muito deixar as pessoas motivadas e fazer com que elas entendam e queiram sair da zona de conforto. Também é preciso fazer elas entenderem que o resultado é feito da colaboração de todos e que as coisas podem mudar. Ai sim vamos conseguir extrair resultados importantes do Scrum.
    Valeu!

    • Grande Fernando, o caminho é esse mesmo, na psique humana esta a chave para o sucesso, não é fácil, mas é através dela que mais e mais pessoas acabarão entendendo e melhorando sua abordagem em equipe, convergindo de verdade e assim construindo um ambiente e resultados mais produtivos.

      A partir do meu post “Não deixe seus medos o paralisar!” estou redigindo um sobre defesas inconscientes que nossos cérebros aprontam – projeção, negação, racionalização, etc … expor um pouco das ações de salvaguarda que nosso incosnciente realiza para nos proteger de medos e angústias.

      Estamos na chuva é para se molhar, vamos adiante!

      [ ]

  2. Pingback: Um ano e meio de blog – Obrigado galera! | Jorge Horácio "Kotick" Audy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s