Agile Brazil 2013 – 2º Dia – 2ª parte

O encerramento do segundo dia foi com uma palestra completamente fora da caixa, uma hora com a neurocientista Cecília Hedin falando sobre “Construindo conexões no cérebro”, com uma dose de neurociência, mas em uma linguagem muito acessível, falando sobre a formação de nossa redes neurais sobre diferentes lentes e prismas.

cecilia

Na wikipedia diz “neurociência é o estudo científico do sistema nervoso1 . Tradicionalmente, a neurociência tem sido vista como um ramo da biologia. Entretanto, atualmente ela é uma ciência interdisciplinar que colabora com outros campos como a química, ciência da computação, engenharia, linguística, matemática, medicina e disciplinas afins, filosofia, física e psicologia.”

Ela falou sobre ligações interpessoais, estimulo pró-social, procura semântica sobre pessoas e que existe um sistema voltado a monitorar processos de inclusão e exclusão social, tudo isso para demonstrar que cada um de nós ditos pessoas normais tendem a perceber em uma imagem ou um texto, rostos humanos ou nomes de pessoas, buscam aceitação e inclusão, quer consciente ou inconscientemente.

Auto-consciência: Em filosofia da mente, autoconsciência é a característica lógica da consciência de ser, de termos consciência da consciência. Sempre que um sujeito tem consciência de um objeto ele tem autoconsciência da sua consciência desse objeto.

Teoria da Mente: Teoria da mente é a habilidade de atribuir estados mentais – crenças, intenções, desejos, conhecimento, etc – à si próprio e aos outros, e de compreender que os outros possuem crenças, desejos e intenções que são distintas da sua própria.

Opinião – Eu acho que tem tudo a ver com construtivismo e com os mais básicos princípios ágeis, cada um de nós somos diferente e cada um de nós tem que se esforçar por conhecer-se e conhecer os outros, com menos exigências em sermos iguais, mas em complementaridade, em sinergia, … esse é um dos maiores desafios da convivência em grupos do ser humano.

Auto-regulação: Temos processos de pensamento que dinamicamente assessoram nossos impulsos e emoções, nos ajudando a sermos mais assertivos, coibindo impulsos primários, agindo como facilitador na montagem da melhor resposta.

Consciente e inconsciente: Báh, ai ela citou Freud, pesquisas sobre mensagens subliminares, mostrando o quanto nosso inconsciente preenche as lacunas e acha explicações para o nosso consciente sem que percebamos isto. Os testes abaixo são nota 10 e mostra não só o que acima esta descrito como prova que nosso olho esquerdo alimenta o lado direito do cérebro e o olho direito ao lado esquerdo do cérebro, de forma autônoma (não dá para explicar tudo, mas é muito instigante ver a mecânica).

Distancie-se entre 30 e 40 centímetros da tela, feche o olho direito e olhe para o “+” verá que o ponto desaparece (e olha que ele é enorme), esse exercício mostra que as imagens percebidas pelo olho direito e esquerdo são tratadas pelos lóbulos inversos do cérebro, tem outros com linhas e traços, impressionante:

pontoex

Opinião – Tenho paixão pelo tema, nosso modelo mental é uma construção baseada em nossa história de vida, mudar isso exige percepção e entendimento, precisamos sair do piloto automático, mudança exige auto conhecimento constante, eu sempre brinco que é nessa hora que primeiramente nosso pais, amigos mais íntimos, conjuge e parceiros desta viajem chamada vida fazem toda a diferença, afora os pais, todos os outros são escolhidos, que sejam pessoas que nos queiram ver crescer e não apenas “dizer aquilo que achamos que queremos ouvir”, quem não leu, sugiro o post (O inconsciente da um jeito!)

Neurônios espelhos: Estes neurônios disparam quando observamos a ação realizada por outros. Apresentou testes com macacos em que uma mão indo em direção a um objeto com a visível intenção de pegá-lo excitava o cérebro do macaco, enquanto o mesmo movimento sem o objeto aparente ou sem a visível intenção não geravam aquela excitação cerebral.

Construindo conexões trouxe uma teoria de Donald Hebb de 1949, em que “neurônios que disparam juntos tendem a se conectar”, isto vale para muitas reflexões, por exemplo, o que fazemos quando alegres, tristes, frustração, quebras timeboxes, atitudes indevidas ou inadequadas, nossos sentimentos e reações são naturais até o momento que tomamos consciência deles e usamos técnicas para melhorá-los … vale a pena tentar, comece por voce mesmo

Opinião: Eu lembrei de palestras e alguns de meus posts sobre PNL (programação neuro linguística), se associamos sentimentos ou intenções a percepções e situações, ajudamos o cérebro na mudança que ele terá naquelas situações (já fiz dois posts sobre PNL, aqui e uma mais ampla aqui).

Finalmente, um papo cabeça sobre a Doli e a sua perda de memória recente, mas sobretudo, uma tabela a ser lembrada, com a consequencia esperada para alguns estímulos a que submetemos nosso cérebro, com resultados potencialmente positivos ou negativos, cabe a cada um correr atras, literalmente, posto que exercícios físicos incrementam a modulação cerebral   \o/

DSC06086

  • “É bom unir pessoas mais agitadas mentalmente com mais perplexivas, pois um provocará o outro fora do previsível!”
  • “Nosso estado mental influenciam diretamente na formação de bnossas sinapses!”
  • “Nosso cérebro é como membros de nosso corpo, se não forem usados acabarão atrofiados!”
  • “A memória mais legítima é a que revisitamos poucas vezes, pois a cada vez ela é alterada, mínima ou decisivamente!”
  • “Quando falamos muito que vamos fazer algo, há um risco maior de acabarmos não fazendo!”
  • “Tempo atencional é importante para a retenção maior ou menor!”

Um comentário sobre “Agile Brazil 2013 – 2º Dia – 2ª parte

  1. Pingback: Um ano e meio de blog – Obrigado galera! | Jorge Horácio "Kotick" Audy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s