Talvez voce esteja olhando para o lado errado!

No Agile Brazil 2013 assisti várias palestras, algumas com um viés valorizando a engenharia ágil, qualidade, testes automatizados, outras o método, respeito às timeboxes, a importância dos papéis, sobretudo a do Samuel Crescêncio sobre a pirâmide Lean que junta tudo isto e mais um pouco, teve keynote falando de tecnologia, gente, neurociência e até um chamado a revolução pelo Alexandre Gomes  😉

A cada evento nos obrigamos a refletir sobre nossa história e lições, onde erramos ou acertamos, o que aprendemos, o que podemos compartilhar, sobretudo confirmar a máxima que não estamos sozinhos nesta estrada, os erros são naturais e o legal é que ficam visíveis, afinal, este é o grande benefício dos métodos ágeis, todos e tudo deveriam ficar a vista e transparentes … #sóquenão, certeza que muita gente esta olhando para o lado errado:
olhando para o lado errado

Nenhuma empresa é obrigada a adotar AGILE e nitidamente algumas o fazem por simples mimetismo ou marketing, pois continuam acreditando em silos, em projetos compostos por um ecossistema compartimentado, como uma prefeitura que divulga sua sustentabilidade fazendo ciclovias (gerando buzz), mas despejando esgoto direto no rio, desperdiçando energia e água potável, etc.

Tive a oportunidade de participar de dois cases ágeis que credito como de sucesso, ambos sem termos nada nem ninguém de excepcional, éramos um time, imaturos no método, tínhamos conflitos e idiossincrasias, a arquitetura e engenharia tinham o que melhorar, mesmo assim rolou, o segredo eram áreas de negócio e corporativas tão ágeis quanto nós … linguagem ubiqua, todos tentando de verdade entender o que era valor e desperdício!

Sucesso ágil não é ter um produto “bonito” que não rentabiliza, não é chegar aos resultados a qualquer custo, nem ter um ambiente cool sem rumo, menos ainda ter uma equipe perita no improviso, ou uma engenharia punk com o negócio sem conseguir atingir seus goals, ter um discurso sustentável mas sempre em busca de um bode expiatório a cada tropeço, jogo do faz de conta, eu x vocês, nós x eles.

Não tem ganho se não houver integração, negócio, corporativo e tecnologia, todos pensando em resultados, clientes e usuários, evolução e rentabilização, “chefes” que sabem tudo é Taylorista demais, em um brainstorming, story mappings, workshops, plannings, daily, retrospectivas, gerar um senso de pertencimento e não de obediência … não se iluda, não é mito, nem tampouco impossível, mas depende de TODOS serem provocados, treinados e comprarem a briga.

Quer tentar Scrum ? Faça workshops Scrum para os times Scrum, mas é fundamental que façamos também workshops e treinamentos de PDCL para times de negócios, backoffice, fornecedores, todos os envolvidos devem entender os porques, os ganhos e os custos, somos um elo da cadeia e se temos uma corrente fraca, só reforçar um elo e puxar vai abrir em outro ponto.

Sugiro e insisto que dêem uma olhada em dois posts relacionados: PDCL Ágil e o de Teoria das Restrições, tem muito mais, pois aqui abre-se um espectro geral de agilidade, técnicas, tenho alguns workshops para equipes de negócio, tem uma grande pack de fundamentos, mindset e agilidade com Scrum … Boa Sorte!

corrente

Anúncios

3 Respostas para “Talvez voce esteja olhando para o lado errado!

  1. Marcos Tor Arao

    Boa provocação Jorge!
    Não há agilidade sem ação, sem experimentação, sem ousadia. A teoria só é boa se estiver em prática.
    Acredito que métodos ágeis só são ágeis se forem utilizados por pessoas “ágeis”. Deve haver antes de tudo (ou ao mesmo tempo) uma mudança dos paradigmas pessoais. A pessoa ágil precisa acreditar em entrega de valor, em transparência, em kaizen, em trabalho compartilhado… ou melhor, ela precisa praticar isso tudo em sua vida…
    Dessa forma pessoas “ágeis” se tornam agentes de mudança naturais e podem contaminar a empresa toda em direção à agilidade.

  2. Pingback: Um ano e meio de blog – Obrigado galera! | Jorge Horácio "Kotick" Audy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s