De volta ao Conceito de Ba

Volto a revisar a teoria mais fascinante e Gaúcha da academia, a do Conceito de Ba, a seguir o link de uma apresentação realizada sobre dois artigos emblemáticos, o artigo dito seminal do Ba, com uma revisão do Modelo SECI como base fundamental para o Conceito de Ba como um modelo que apresenta Geração, compartilhamento e uso de conhecimento nas organizações.

Inicio com uma linha de tempo apresentando quão profícuo é o trabalho de um dos grandes nomes da administração contemporânea, o para mim mítico Ikujiro Nonaka, que nas últimas duas décadas foi inspiração ou participou de algumas das grandes visões de oportunidade de mudança da tão propalada evolução da sociedade industrial para a sociedade do conhecimento.

http://pt.scribd.com/doc/165912962/BA

1. Com Hirotaka Takeuchi foi um dos criadores do conceito que sustentou a construção do método Scrum para desenvolvimento de software, quando em 1986 publicaram o artigo “New New Development Game” na Harward Business Review (link);

2. Também com Takeuchi publicou o artigo seminal do Modelo SECI em 1984, introduzindo sua visão sobre um ciclo virtuosos de gestão do conhecimento em quatro fases em constante movimento e mudança contínua (link);

3.  Com Takeuchi trabalhou na teorização de um modelo organizacional conhecido como a Teoria da Firma baseada em Conhecimento, que com outros nomes como Conner, Grant, Kogut e Spender, cada qual, foram constituindo entre 1991 e 2000 uma reflexão em que conhecimento é o maior ativo a ser gerido em uma empresa (link);

4. A estrutura organizacional em Hipertexto é um colírio para os olhos de qualquer agilísta, um modelo em que é possível percebermos a materialização viável corporativa em que times Scrum não são parte de uma organograma e estrutura hierárquica convencional, mas o modelo de pirâmide invertida sob um paradigma de auto-organização e seguindo preceitos basilares do Scrum (link);

5. Finalmente o Conceito de Ba, que apresento após uma introdução ao Modelo SECI, com o qual faço uma fusão diagramática para tentar ser o máximo didático – http://pt.scribd.com/doc/165912962/BA

concept-of-ba

3 comentários sobre “De volta ao Conceito de Ba

  1. Pingback: 14º TecnoTalks – Vamos planejar Gestão do Conhecimento | Jorge Horácio "Kotick" Audy

  2. Pingback: Um ano e meio de blog – Obrigado galera! | Jorge Horácio "Kotick" Audy

  3. Pingback: A Práxis da Teoria da Capacidade de Absorção | Jorge Horácio "Kotick" Audy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s