A sala e a alma de uma StartUp de base tecnológica

Modelo Mental é algo silencioso, mas categórico! Ou investimos em nosso auto-conhecimento para realmente crescer ou ficaremos repetindo os mesmos erros do passado travestidos com novas roupagens e parecendo moderninhos. Uma startup tem muito pouco tempo antes que a grana acabe para aprender a trabalhar de forma intensa, colaborativa, iterativa-incremental e 100% ágil.

As grandes empresas podem rasgar dinheiro, podem valorizar mais a forma que o conteúdo, a aparência mais que a execução, o marketing mais que a qualidade, mais o Ego que o coletivo. Em uma startup isso é um atestado de óbito, ela precisa interagir, iteragir e colocar em prática aquilo que aparenta saber. Ter a humildade de entender que o fator de sucesso é interagir com o mundo lá fora.

O maior capital de uma startup é o capital intelectual do mundo lá fora, dentro da sua sala só existem hipóteses, pressupostos, respostas tendenciosas, mas lá fora é possível trabalhar para encontrar indícios, antecipar oportunidades e riscos, necessidades, problemas e pivots … Resista a tentação de pensar e fazer sozinho, startupeiro ermitão é candidato ao classificados de emprego.

custdev

Não crie restrições a si mesmo, podem ser fórmicas brancas quadriculadas ou folhas de papel na parede, podem usar os caros postits 3M, os genéricos ou mesmo folhas coloridas guilhotinadas e coladas com um pedacinho de fita crepe (é o que eu mais uso, pois gosto de formatar meus pseudo-postits). Dependendo da composição fica “feio” na parede, mas funcional. Melhor uma parede “feia” e sucesso que uma bonita com quadros artísticos e candidatos aos classificados.

Não adianta conhecer a teoria, ter lido tudo sobre Lean StartUp, Service e Design Thinking, Scrum e Kanban, se você não pratica. E não me venha com quadros e canvas online, deixa isso para quem tem equipes distribuídas em 5 continentes. Na minha opinião uma sala de StartUp precisa ter nas paredes e consumir diariamente os quadros do check-list abaixo:

#1. Permita-se ter um espaço para registro de ideias, insights, inquietações, organizando-as na forma de MAPAS CONCEITUAIS com diferentes núcleos, organizando o networking ativo de seu negócio, ideias agrupadas por natureza, uma linha de tempo com ações, eventos e metas.
mapas-2

#2. Ali está o BUSINESS MODEL CANVAS a lembrá-los que estratégia é algo vivo, que deve ser modelada, revisada, relembrada, evoluindo conforme seu negócio vai se definindo, validando, construindo … De nada adianta perder tempo com um BMC se for ser um documento estático esquecido dentro de uma gaveta ou de uma pasta no computador, então nem faz porque é desperdício. imagem 38

#3. Colado ao lado do BMC, é fundamental ter um VALIDATION CANVAS, onde modelam e registram as validações, relembrando a necessidade de fazer. Este canvas lhe permite mapear cada segmento ou persona a validar, o problema em foco e a hipótese de solução. Além disso, há um espaço para estruturar o experimento e finalmente analisar os resultados … invalidando ou confirmando suas hipóteses. A galera do MindPills me apresentou e entrou automaticamente para o meu cinto de canvas de utilidades, assim fica explícito metas e objetivos.
validate-canvas

#4. Logo a seguir é possível ver um USER STORY MAPPING, que possui nos eixos X a cronologia de projeto e no Y a relevância, oferecendo uma visão do que será o produto. Explicita seu Mínimo Produto Viável, a estimativa para cada história, a demarcação de sprints e releases baseados na VELOCIDADE média estimada para o time que o está construindo. Outro documento vivo, mas este projeta uma linha de tempo com datas e entregas previstas.
eixo-xy

#5. Logo mais a direita estaria o quadro KANBAN destinado a acompanhar cada Sprint, provavelmente um para o fluxo de discovery com destaque para as User Stories do próximo sprint, outro quadro para o fluxo de delivery com a evolução de status do desenvolvimento, testes e homologação de cada user story, protagonistas, estimativas, evolução, dificuldades e oportunidades. Não esqueça da DAILY, mesmo sendo 3 pessoas, elas existem para aguçar a antecipação de riscos e oportunidades.
imagem 35

#6. Temos também os QUADROS ADICIONAIS como o de impedimentos, lembretes para a retrospectiva, o calendário do projeto, velocidade e ausências, mais o BURNUP do projeto contendo a projeção de previstos até o final do projeto e realizados sprint-a-sprint. Se a dedicação não é exclusiva, se há um freelancer ou terceirização de algo, explicite,  a sala de uma startup não é para ser asséptica, é para refletir o seu estado de espírito inquieto e aventureiro … tenho medo das organizadinhas, deixem isso para as grandes que se preocupam mais em “parecer” do que “ser”.

#7. Finalmente tempos as MÉTRICAS, no mínimo um gráfico de BurnDown mostrando a tendência do atual fluxo de desenvolvimento quanto a conseguir atingir os objetivos do sprint com sucesso. Com frequência o tempo disponível e produtividade são restritos, não dedicados, é fundamental explicitar a execução, se for o caso há outras métricas que oferecem uma visão clara do fluxo, cadência, granularidade, etc. Auto-conhecimento individual e coletivo é tudo!
metricas

Obs: Ao final de cada sprint não jogue fora nenhum dos gráficos e status report, apenas vá sobrepondo o seguinte, da próxima sprint, pois são snapshots importantes para que se possa entender exatamente o andamento do projeto.

Anúncios

4 Respostas para “A sala e a alma de uma StartUp de base tecnológica

  1. Com toda certeza um dos teus melhores posts Audy. Muito obrigado!

    • Obrigado pela parceria, fico contente que tenha chamado a atenção, pois são algumas das crenças que tenho em Agile, muito enraizadas … nos vemos no próximo evento sobre Agile ou quem sabe em um TecnoTalks. \o/

  2. Nossa, excelente post. Atividades focadas em “praticar as práticas”. Nada de parecer, mas realmente fazer. Show!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s