Definitivamente é Iterativo-incremental-articulado

Após uma palestra em vídeo-conferência para mais de 29 localidades, entre sedes regionais e escritórios do SERPRO espalhados por todos os estados brasileiros, o Ricardo Duarte da regional aqui de Porto Alegre sugeriu que além da designação “iterativo-incremental” atribuída aos métodos ágeis eu poderia usar o termo “iterativo-incremental-articulado”, pela sua característica flexível, baseada na adaptabilidade e validação-correção de hipóteses.

Como eu nasci para filosofar e aparentemente o Ricardo também, e em meio aos meus muitos defeitos não consta preguiça de viajar na maionese, necessitando para isso tão somente de boa parceria e alguns minutos de conversa franca e aberta. Após sair da sede do SERPRO me pus a divagar sobre a sugestão do Ricardo e percebi que dá para ir e voltar a Machu-Picchu filosofando sobre isso:

Quanto a articulação de movimentos

É possível entender “articulada” no sentido de algo não inteiriço ou rígido, mas segmentado e conectado, permitindo movimentos mais rápidos e flexíveis. No dicionário podemos encontrar “Um veículo de transporte coletivo com um reboque traseiro, cujo acesso é feito por um sistema de sanfona.”

Do PDCA ao SCRUM, temos métodos e conceitos 100% articulados, posto que internamente a cada sprint de algumas semanas há permanentes construções e validações de User Stories na escala de horas e dias. Contemplando ao final de cada Sprint um alinhamento de tudo o que foi feito e validado com os stakeholders seguido de uma reflexão interna ao time. Times e métodos ágeis são definitivamente articulados, flexíveis, ajustando sua orientação a cada novo movimento, a fim de evitar desperdícios.

Se um defensor da gestão de projetos tradicionais ler este post, pode ser que ele materializa em sua mente a imagem de uma cobrinha d`agua, serpenteando para se deslocar à frente e conclua que é um grande desperdício de movimentos, mas se ele tentar entender a natureza do movimento invertebrado de uma cobrinha d`agua, perceberá que ela está permanentemente “sentindo” o terreno, distribuindo seu peso, sempre pronta a desviar ao sinal de perigo, mesmo assim deslocando-se rapidamente a frente. Quem a vê parada parece ser lenta, mas em movimento ela surpreende a todos.

Quanto a articulação relacionada a assertividade

É possível entender “articulada” no sentido interativo, pela fácil articulação no tocante a comunicação, assertividade. No dicionário podemos encontrar “que tem flexibilidade, maleabilidade. Uma pessoa que tem posicionamento logico, que sabe se posicionar na hora e lugar certo”

É a arte de saber bem argumentar, de forma objetiva e construtiva. Neste prisma é preciso lembrar de um valor pregado pelos fundadores do Lean, simbolizado pela palavra GEMBA, que significa que há um momento e lugar apropriado onde as coisas realmente acontecem e devemos fazer eles acontecerem. De nada adianta falar a coisa certa para a pessoa errada ou a coisa errada para a pessoa certa, precisamos falar certo no momento e lugar apropriados para que surtam efeitos construtivos.

Esta abordagem é ainda mais significativa, pois quem não tem argumentos ou habilidade na negociação apela para a pressão, para a supressão, para a hipertensão … Quem não tem o treino na negociação prefere calar ou tenta a intimidação. Métodos Ágeis geram oportunidades diárias para o treino da assertividade e da argumentação, da pró-atividade e percepção. Quem olha de fora e é xiita em métodos tradicionais vai dizer que é muito blá-blá-blá, mas se olhar de perto é um exercício de pertença, as pessoas aprendem a encontrar a melhor solução, usam plenamente o capital intelectual de todos.

Conclusão

Sim, o Ricardo tem razão, chamar um método ágil só de “iterativo-incremental” é sonegar parte vital de sua natureza, pois na verdade ele fica mais claro sendo “iterativo-incremental-articulado“.

10556369_778019958917623_6416996026101338352_n

Quanto ao evento do dia 06/08 no SERPRO, orgulho em participar de um processo de adoção ágil tão intenso quanto o que está acontecendo no SERPRO. Naquele momento palestrei para 29 localidades via vídeo-conferência sobre princípios e práxis Agile. Uma empresa pública federal que já vem experimentando Agile há vários anos em diferentes equipes e regionais, que formou recentemente uma equipe multi-disciplinar para apoiar a construção de um plano de roll-out para toda a empresa … mais de 5000 desenvolvedores … uma das maiores ou talvez a maior empresa de sw da America Latina. Nós brasileiros precisamos compartilhar e valorizar iniciativas como essa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s