Agile é para ser uma “Revolução Permanente”

Fico inquieto com a estratégia de algumas empresas, pois implantar SCRUM é só o primeiro passo, talvez o mais fácil deles, não podemos ceder ao reducionismo de papéis, timeboxes, kanban e postits, a revolução inicia com a metodologia, mas só será sustentável se houver uma mudança cultural sustentável de fato.

A solução não é o método, é o modelo mental, acho que é algo como o que Trotski chamava de Revolução Permanente, de nada adianta trocar a burocracia e obediência aos métodos tradicionais pela burocracia e obediência aos métodos SCRUM e Kanban, trocando de protagonista em seus medos e acomodações.

dilbert-agile_programming

A verdadeira revolução inicia na equipe, é o primeiro passo, a mudança dependerá da ampliação e interação com outras equipes, com a organização como um todo, trabalhando pela constituição de um ecossistema sustentável, em sua relação com inter e intra-organizacional, clientes, parceiros, fornecedores e mercado.

Assim como a visão de Revolução Permanente, vivemos dicotomias temporais em nossas empresas, ao invés de mudanças intrínsecas como Japão, EUA e Europa, temos mudanças extrínsecas em que adotamos agile por motivos e condições que o tornam distorcido, oportunista e processual, não cultural.

Transparência, inspeção e adaptação são os pilares do SCRUM, mesmo assim, em função da dicotomia existente no entendimento do que é agilidade e o que é a auto-organização, entre teoria e prática, muitos optam por distorcer seu dia-a-dia com muros e trincheiras, justificando que se fizerem diferente poderão se expôr e se algo der errado serão cobrados por isso.

Espiral de aprendizados

O primeiro passo é um piloto, é gerar resultados, provocar comparativos entre o modelo tradicional e o ágil, com acertos e erros. Um ou mais pilotos vão exercitar técnicas e percepções, há um mar de novas práticas, mais colaborativas, desde a inception, mapping, cadência entre DoR e DoD, estimativas, dailys, grooming, …

Mas o Go – No Go entre pilotos e rollout não é o fim da história, é apenas o primeiro passo da estrada, entender que a mudança será uma constante evolutiva a cada fechamento de sprint, ou seja: Uma Revolução Permanente. A Zona de Conforto sempre será um canto da sereia a nos chamar e que devemos evitar.

O próximo passo são comunidades de prática intra-organizacionais, escalando-as de forma que grupos de PO, SQA, Dev, SM, UX, SEO, … compartilhem, interajam com seus aprendizados vicários, disseminem boas práticas, inquietações, simulações, problemas e soluções, … mantendo todos ligados na Revolução Permanente, nos relembrando a cada Sprint que sempre estaremos na estrada.

Se estamos trabalhando em uma cultura Kaizen, de melhoria contínua auto-organizada, com timeboxes específicas para exerciar com os stakeholders a cada Sprint Review e internamente ao time a cada Sprint Retrospective. O restante cabe ao modelo SECI e as interações inter-equipes, compertilhando e gerindo o conhecimento adquirido.

Conclusão

Já tivemos grandes nomes, pensadores, pesquisadores, intelectuais, todos falando e tentando entender o que é a Cultura Organizacional, formada de micro-culturas e inserida em culturas regionais e nacionais. Por mais que leiamos e escrevamos, sempre teremos muito o que ler e aprender sobre pessoas e suas relações.

Não é um desafio trivial, mas tudo inicia na consciência de que é um desafio cotidiano e que a natureza humana tenta voltar inconscientemente a sua Zona de Conforto, não por opção ou por ser melhor, mas porque já é conhecida. Uma adoção ágil sem mudança cultural pode trocar o comando-controle explícito por um implícito, velado no sucesso e muitas vezes ruidoso frente a erros.

dilbert-standup-meetings

Agilidade é uma Revolução Permanente, não no sentido literal, mas figurativo, pois sempre teremos o que melhorar, queremos sempre ser mais felizes e também orgulhosos do que fazemos e com quem fazemos. Nada mais apropriado à TI, pois na nossa área não dá para marcar touca, estamos sempre aprendendo, evoluindo, experimentando …

Nos vemos por aí, na estrada!  \o/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s