Multi-convergência metodológica é o melhor caminho

Me pergunto com frequência o quanto o business que gira em torno de cada sigla e certificação impede que seus gurus sentem em uma mesa com os outros gurus e liguem os pontos, complementem-se e gerem sinergia, novas oportunidades e mitiguem riscos pela convergência.

Feche os olhos e imagine: E se montássemos um mapa com todas as técnicas que aplicamos, não precisa ser definitivo, mas evolutivo, inicialmente pode ter o que já usamos. Depois, imagino onde chegaríamos se a galera fosse contribuindo com novas técnicas, que ainda não estão lá, pois ninguém sabe tudo.

Eu curto demais Scrum, Kanban, Lean Startup, os vários canvas do Business Model Generation, o universo da Gestão do Conhecimento, Design Thinking, os conceitos da Gamestorming, as várias técnicas e mindset da TW, entre outras.

multi-convergência

E se a gente colocasse tudo isso em um um único Subway Map? É como chegar a Paris e pegar um mapa do metrô, você pode até não ter tempo para tudo, mas estará na palma da sua mão todos os caminhos. Mesmo para um turista de primeira viagem o mapa do metrô ajuda a se achar e se organizar para conhecer o Louvre, Eiffel, Arco do Triunfo, La Défense, …

No meu entendimento, é preciso que optemos por um framework para nosso processo, escolhendo SCRUM ou KANBAN por exemplo, para então agregar técnicas e boas práticas que nosso método não endereça e que podem agregar valor ao nosso processo. A seguir vou listar alguns exemplos, alguns são coringas e é possível usar em diferentes momentos, outros são bem específicos, tem muito mais, mas aqui o objetivo é provocar a reflexão sobre o tema deste post:

Metodologias, frameworks e conceitos:
Scrum – gerenciamento ágil de projetos
Kanban – gestão visual do fluxo de trabalho
Lean StartUp – desenvolvimento de produtos e mercados
Design Thinking – framework de ideação e inovação
Gamestorming – Um guia para colaboração e co-criação …

Visão, estratégia, negócio:
Business Model Canvas (Alexander Osterwalder)
Project Model Canvas (Prof José Finocchio)
Mapa de Stakeholders
Matriz CSD – Certezas, Suposições e Dúvidas (sabe, não sabe, quer saber)
Elevator Statement
Lean Canvas (Ash Maurya)
Mapa SWOT (FOFA em português)
Value Proposition Canvas (Alexander Osterwalder)
Mapas Conceituais …

Pessoas, usuários, clientes, carreira:
Empathy Canvas
Personas
CHA x 5
Business Model You (Alexander Osterwalder)
Gestão do Conhecimento (GU, CoP, etc) …
Obs1: Auto-conhecimento é essencial, gestão do tempo também, SWOT  e Mapas Conceituais também são usados para entender pessoas, mapear AS IS e TO BE.

Você quer mapear um produto ou serviço?
Inception
 (Paulo Caroli)
Direto ao Ponto (Paulo Caroli)
User Stories
User Story Mapping
Value Stream Mapping
Customer Journey Map …
Obs: Mapas Conceituais também são usados para entender pessoas

Validação e acompanhamento?
Validation Canvas
Daily standup meeting
Focus Group
Métricas (Paulo Caroli) …
Obs: O quadro Kanban agrega muito valor em gestão visual de trabalho.

Técnicas para elicitação, discussão, ideação e equalização?
Entrevistas (normais e extremos)
Managing Dojo (Manoel Pimentel)
Learning 3.0 (Alexandre Magno)
Café Kaizen (análise causal)
World Coffee
Open Space
Ishikawa
UX Dojo …

Agile Games para fixação de conceitos ágeis?
SCRUMIA – um jogo educativo para ensino de SCRUM

Kanban and Deyond (Caroli e Motta)
Construindo cidades (Alejandra Alfonso)
Mashmellow Challenge adaptado para SCRUM
Extreme Hour (Daniel Wildt) …

Aquecimento, quebra-gelos, formação de times:
Há dezenas e dezenas de bons jogos colaborativos e quebra-gelos com foco em formação de senso de equipe, muito úteis para aceleração de sinapses e provocação antes de iniciar uma reunião ou atividade de trabalho, especialmente aquelas que envolvem desafios de ideação, melhorias, solução, planejamento, …

A seguir um exemplo usando um diagrama de Agile SubWay Map baixado de um post na Agile Alliance. Inclui no topo a obrigatoriedade pela opção metodológica entre SCRUM (projeto) e KANBAN (manutenção), contando a seguir com um mix de técnicas em diferentes suites. O papo é por aí, precisa ter um framework-base, mas ele sozinho não preenche todas as lacunas, é preciso ir atrás de técnicas adicionais:
agile-tribes-subway-map

Você já tem tudo o que precisa, agora é arregaçar as mangas e experimentar, escolher o framework-base que melhor lhe atende, que será a espinha dorsal de seus processos. Lembrando que em desenvolvimento de software SCRUM e KANBAN são frameworks eficazes em projetos ou manutenção e provavelmente haverá equipes que seguirão um ou outro.

O resto é tentativa e erro, melhoria contínua e troca de experiências. Boa sorte!

2 comentários sobre “Multi-convergência metodológica é o melhor caminho

  1. Estou começando a ver um padrão. Você sabe tanto, e já fez tanto, que você pode ver a matriz – como o Neo. Eu sinto isso com relação à BI. Onde tantos parecem só ter dúvidas, eu enxergo um caminho óbvio. Agora, como transmitir isso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s