Para quem tem um blog ou pensa lançar um livro

Reiterei a algumas semanas minha sugestão para que todos criem um blog, pessoal ou coletivo, com colegas, onde compartilhem suas ideias, experiencias, percepções e fatos. Este exercício faz aguçar nossos sentidos, treinar e validar algumas hipóteses sobre nós mesmos, mas além de tudo isso, possui um efeito colateral no caso de você perceber que seu blog transcendeu seu entorno, se o conteúdo é de interesse de muita gente … transforme-o em livro(s).

Para quem está ligado nesta possibilidade, resolvi registrar as dicas que postei nas redes com os links divulgados pelo http://canaldoensino.com.br com cinco plataformas que permitem a criação, edição e publicação de e-books. Inclui mais um, o Leanpub, onde alguns amigos já publicaram. Nem todos são exemplos de soluções atraentes e amigáveis, alguns são bem confusos, talvez reflexo de uma origem amadora e desapegada, mas creio que cumprem o que se propõem:

LeanPub – Lean Publishing é um serviço de criação, editoração e publicação de um livro utilizando ferramentas leves e ciclos iterativo-incrementais, obtendo nesta trajetória vários feedbacks dos leitores até que você tenha o livro certo pronto e aderente a uma necessidade sua ou de mercado.

Livros digitais – A plataforma Livros Digitais é uma iniciativa do Instituto Paramitas para a criação de livros de forma prática, simples e gratuita. Em dois anos de existência a plataforma já possui mais de 1500 livros publicados. Nela qualquer pessoa pode criar, publicar e compartilhar seu livro com outras pessoas, ou mesmo imprimi-lo em formato de livreto para distribuição.

Playfic – Playfic é uma plataforma para escrever e publicar ficção interativa, um gênero de jogos que não usam gráficos ou som, apenas texto para contar uma história em um mundo interativo. A plataforma não usa gráficos ou sons, mas  o leitor interage, avançando páginas, parágrafos e alterando o rumo da história.

Papyrus – Possibilita a criação de livros a partir de templates, criar e editar a capa, criar uma página de marketing e começar a vender ele via Gumroad nos formatos PDF/Epub/Kindle. Permite converter um blog em livro e interagir com os leitores e interessados por feedbacks e relatórios

ePub Bud – Dirigido a ebook para iPad, foi criado com a intenção de permitir que qualquer pai ou interessado pudesse publicar livros infantis de forma fácil e gratuita, quer para serem lidos por seus familiares ou para o mundo. A ferramenta permite que o ebook seja grátis ou vendido.

Myebook  – Possui uma experiência um tanto mais profissional que a maioria, permite configurar sua criação, usar templates, importar a partir de pdf ou iniciar em uma página em branco. Na plataforma tem opções para criar sua própria lojinha virtual … bem interessante.

Se você domina um conteúdo de interesse, não importa qual o tipo, minha sugestão é iniciar por um blog e validar este interesse e penetração de mercado, mas mesmo assim, você pode sem custo nenhum se aventurar e usar uma destas plataformas, como a LeanPub por exemplo, para lançar o livro e trabalhá-lo de forma iterativo-incremental, como faço com o meu blog, lançando novos capítulos, um a um, obtendo feedbacks, aprimorando-os até ficar do seu jeito.

O meu livro já vendeu mais de 600 unidades, está em sua segunda edição, agora pela Casa do Código, e o seu conteúdo e valor foram a seleção e compilação de quase 100 posts entre os 400 que meu blog possuia à época. Um blog (este blog) que trata de métodos ágeis, princípios, teorias e fatos. Pode ser um livro com um tema longitudinal, ou um transversal, uma coletânea, todo mundo tem o que compartilhar, aprende ou vivencia algo a cada dia, é só dar o primeiro passo.

Como exemplo prático, a primeira validação foi em centenas de posts com feedback instantâneo em em número de “curti”, comentários, estatísticas de acessos. No final de 2014 imprimi uma primeira versão independente, 500 unidades, que se esgotaram. Neste mês de Maio/2015 lancei uma segunda edição, revisada e expandida pela Casa do Código:

CC-360-052015

Anúncios

Uma resposta para “Para quem tem um blog ou pensa lançar um livro

  1. Eu já auto-publiquei dois livros pela Amazon.com. A maior vantagem que eu encontrei é o serviço profissional, e o valor dos royalties, que pode ser de 30% ou 70% (depende da faixa de preço do livro.) Eles tem tudo pronto – basta um texto em formato DOC, com ou sem figuras, e uma conta no banco para receber o dinheiro. Se você quiser deixar seu livro gratuito, porém, eles não servem.

    E para editorar livros eletrônicos, minha opção até agora é o easybook.org, um compilador de Markdown que gera ePub, HTML e PDF de uma só tacada. Dá um bocadinho de trabalho, mas escrever com ele é prático, ele tem opções interessantes para layout e atinge uma qualidade muito boa. Vale a pena. Vai sair um artigo meu sobre isso na Libre Magazine de junho/2015 sobre minha experiência com a Amazon e o EasyBook. 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s