Os pensadores do ensino e aprendizado

Uma linha de tempo construída para perceber diferentes abordagens entre os principais pensadores que já influenciaram a vida de bilhões de mestres e alunos, desde Sócrates (430 AC) até Paulo Freire.

Não tenho a pretensão de resumir em uma frase o cerne da visão sobre educação de cada um deles, trata-se de uma provocação sobre o número de oportunidades históricas em que o aluno foi pensado como um indivíduo livre, questionador, inovador, um ser uno, auto-construtor de seu conhecimento – Desde Sócrates, Comênio, Locke, Rousseau, Condorcet, Pestalozzi, Nietzche, Neill, Piaget, Rogers, Arendt, Ausubel, Paulo Freire, Emília Ferreiro, Feuerstein, …

educação

Sócrates nunca foi tão atual, mas o quanto alguns veem maiêutica como uma novidade a ser discutida após 2445 anos de sua proposição. As escolas tornaram-se universais a meninos e meninas de todas as classes, mas elas colocam os alunos dentro de uma caixa, exigindo idêntica formatação.

Pior, um retrocesso, agora surgiram as “escolas de inovação” para tirá-los das caixas, constituindo um novo conceito de elite, privilegiando a quem possa pagar por aquilo que foi negado pelo ensino formal. Quantas pessoas suprimem suas inquietações e potencial, adequando-se ao status quo, mas ao contrário de outras, não poderão pagar por uma reciclagem criativa e empreendedora.
399326_520381271319852_1518413404_n
O que mais impressiona é o quanto o aprendizado auto-construído, desassociado da transmissão massiva de conteúdo padronizado, está implícito na maioria das abordagens desde os primeiros filósofos gregos até os dias de hoje. Mesmo assim, através dos séculos e milênios esta abordagem continua sendo tratada pela maioria eternamente no gerúndio.

O fato é que as escolas do passado já atenderam interesses específicos do clero, do estado, mas há décadas transformaram-se em empresas, alunos são números, professores são custo e o conteúdo diz respeito a metas de notas que qualificam (ou não) a própria escola frente ao mercado. O objetivo principal é preparar alunos para provas e não para a vida, mercado ou futuro.

Falta Lean Thinking na educação, falta potencializar a percepção que o aluno não é um recipiente a ser enchido e devolvido, mas um cliente a ser satisfeito. O cliente não é mais a igreja, nem mesmo o estado, o cliente é cada aluno, com suas potencialidades. Aplicar este princípio é um desafio, fugir é negar a construção de novos pensares e saberes.

Um sem número de slogans de marketing tentam vincular escolas a princípios construtivistas, como uma preparação para a vida e ideais ainda mais ousados, mas resumem-se a uma planilha de custo x receita, pois mesmo aquelas sem fins lucrativos lidam com milhares através de regras e moldes, cada aluno devendo pensar e performar a média dos anteriores para passar de ano.

Como um país em eterno “em desenvolvimento” pretende virar a mesa sem uma educação libertadora, inovadora, empreendedora, talentos não nos faltam, o que falta é investimento. O pior é que dinheiro tem de sobra, o que não tem é crença do seu papel – escola, dirigentes, professores e alunos – na construção de um futuro maior e melhor para todos.

9678_521664537858192_384149056_n

Na minha linha de tempo deve estar faltando muitos nomes, se você tem sugestões, colabore e comente neste post indicando-os. A tempo, a principal fonte para o resumão do início deste post foi a partir de material da Revista Escola – http://revistaescola.abril.com.br.

Anúncios

Uma resposta para “Os pensadores do ensino e aprendizado

  1. Pingback: É mais fácil seguir roteiros que tentar aprender os porquês | Jorge Horácio "Kotick" Audy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s