SCRUM é o esteio da agilidade

Quanto mais ajudo empresas a realizar mudanças em seus paradigmas de TI para desenvolvimento de software e gestão de projetos, mais tenho certeza que SCRUM é o esteio de mínimas garantias ágeis em um meio organizacional que exige coordenação de múltiplas equipes e resultados. Por acaso, SCRUM, só ou acompanhado, responde por algo como 73% dos métodos ágeis praticados:

VO2014-SCRUM

A tecnologia avança, os projetos mudam em meio a múltiplas alternativas, as percepções do problema e da solução evoluem de acordo com o andamento do projeto, e é bom que assim seja se queremos fazer o melhor possível. Esta realidade relata startups, pequenas, médias e grandes corporações.

Questiono as criticas à previsibilidade do SCRUM. Minha experiência, quer em empresas de grande porte atuando pela DBServer ou em startups de matriz tecnológica por paixão em ajudar a galera, a previsibilidade do SCRUM é o MVP da agilidade. Independente do time, maturidade, ele oferece uma agilidade consistente e coerente, que bem aplicada gerará bons resultados imediatos.

Visão, Release Plan e product backlog, discovery com DoR e delivery com DoD, com sprints de duas semanas, um método que permite encaixar técnicas ágeis para planejar e execução, adaptável frente a mudanças necessárias. O uso de boas práticas do KANBAN e XP são importantes, mas a base na maioria absoluta dos casos é SCRUM. Mesmo que alguns “consultores” se esforcem para mudar nomes … porque acham isso ágil, mas é puro desperdício!

Pag 73 - 4

Um modelo sempre eficiente é usar SCRUM como framework-base, como no exemplo de um planejamento de sprint ocupando 75% do tempo, mas com 25% como reserva técnica para manutenção e ocorrências em produção, atendimento usando Kanban, com boas práticas de desenvolvimento e engenharia do XP.

pag 98 - 2

Em uma realidade em que profissionais vem e vão, trocam de projeto, de papel, trocam de empresa, por sonhos ou necessidade, trocam de chefia, trocam de cliente, … o método SCRUM é uma forma de praticar agilidade sem temer impactos relevantes em reflexo por isso tudo.

Torre de Babel

Absolutamente, não concordo que agilidade é não ter previsibilidade, não ter padrão, é não ter processo “imposto” pela empresa. Fosse assim e uma grande empresa seria uma Torre de Babel, cada um fazendo do jeito que o formador de opinião mais próximo dite, na minha opinião, gerando muito desperdício e um grande débito para o futuro imediato.

Tenho posts falando que equipes ágeis seriam ilhas ou feudos se não houver um padrão mínimo, chancelado quer pelo PMO, governança de TI, sujeito a GQA. Se cada equipe ou grupo assumir sua própria identidade, onde fica a identidade da empresa? E a percepção do cliente atendido por ela, isso dependeria do acaso? Você já ouviu falar em Service Thinking aqui, mas uma empresa é a imagem que ela constrói a partir de sua cultura e padrões, quando percebidos pelo mercado.

Não acredito em agilidade sem a segurança de um framework consistente, que deixem a equipe confortável, mas também o cliente, a gerência, o diretor, as outras equipes que dependem uma das outras. Um exemplo disso é que em uma implantação ágil, estou acostumado a treinar equipes de outros fornecedores, mesmo eles já se dizendo ágil.

Quando digo, e eu digo, que a empresa aos poucos irá adaptar-se e adaptar o método, não quer dizer liberar geral e confiar que no final os profissionais farão o seu melhor. Estou velho, mas ainda não cheguei na fase de repetir nossas avós que frente a adversidades diziam que “não importa, no final tudo vai dar certo” … é preciso regras, padrões mínimos estabelecidos para gerar um ecossistema estável e confiável.

Esta percepção eu vejo como imperativa em uma empresa de grande ou médio porte, a meu ver empresas pequenas não são diferentes, mas elas tem “cobertor curto” e acabam tendo que fazer muitas coisas no improviso, adaptando-se aos seus profissionais, além da conta, muitas vezes contra a vontade e convicções, obrigados a confiar que tudo vai dar certo no final.

Acredito em governança de TI, acredito em PMO, tanto quanto acredito em equipes e empresas ágeis. Acredito que é preciso estabelecer um padrão, um processo, flexível em seus detalhes, mas jamais em seu cerne. Uma empresa precisa ter sua identidade, construída por suas pessoas, mas não dependente delas … se for dependente é o que eu chamo de “hardware proprietário”, aí é bom acender uma vela, mas isso não é ser ágil, isso é o método Go Horse.

Gestão do Conhecimento

Por isso estou acostumado a provocar o uso de frameworks que estabeleçam padrões mínimos e estáveis, em conjunto com um mapa de boas práticas e uma boa gestão do conhecimento. O modelo SECI, usando comunidades de práticas, eventos internos e comitês, fazem a coisa ir se aperfeiçoando “ad eternum”.

Para fechar com chave de ouro, inexiste percepção válida de evolução se não tivermos com quem comparar, a participação em Grupos de Usuários e Comunidades de Prática são essenciais para a baliza, insights, percepção de real domínio ou distração na busca por um processo valoroso e sustentável. Se não sabemos como o restante do mercado está trabalhando, como saber se estamos trabalhando bem ou mal? Nos faltam balizas, benchmarks ou networking.

Pronto, falei … de novo!

Anúncios

4 Respostas para “SCRUM é o esteio da agilidade

  1. Um post de autor! Você deveria fazer mais destes, colocando as coisas que você entende que estão mal-entendidas pela indústria, e qual a sua opinião à respeito.

    • Mas Fábio, a maioria ou totalidade dos meus posts são posts de autor. É sempre minha visão pelas coisas que me movem … é que não falo só de scrum, porque já falei muuuuito sobre scrum, mas tem ainda muita coisa sobre outros fundamentos … :o)

  2. Muito bom! São artigos valiosos porque trazem a sua experiência. Continue assim!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s