Quadrantes Mágicos – Imagens valem mais que listas

Todo mundo conhece o conceito praticado pelo Gartner para ilustrar suas análises de produtos e serviços de mercado, onde temos a Capacidade em Executar versus a Plenitude da Visão, gerando quadrantes para Líderes de mercado, Desafiantes, soluções Visionárias e soluções de Nicho.

quadrantemagicoalm

O conceito de quadrante mágico é usado a décadas das mais diferentes formas, mudando-se o significado de seus eixos e desta forma estabelecendo variadas interpretações para seus quadrantes. Há dezenas deles para nossas necessidades, mas se for o caso você também pode criar os seus, é só entender o conceito.

O mesmo conceito diagramático, pode ser usado para diferentes análises e diagnósticos. Por exemplo, tenho jogos de auto-diagnóstico com eixos de Crença e Execução, analisando princípios, boas práticas, tecnologia, etc. Uma forma de avalizar o que dizemos crer versus o que fazemos, visando o debate e evolução.

O exemplo abaixo mostra um quadro para auto-avaliação, apontando acreditar em todos os princípios, talvez justificando-se por não exercê-los por culpa do chefe, cliente, tecnologia, cultura. Uma dinâmica que criei para sacudir, ativar insights e quebrar resistências a pensar diferente e avançar. Uso muito!

principiosageis

Muitos outros warmups que utilizo possuem leituras cartesianas e quadrantes, como o famoso SWOT – Y como Alçada (externa – interna) e eixo X como Força (Pontos fortes e fracos). Outro exemplo é a janela de JOHARI – eixo X interno e o eixo Y externo. Leitura que podem analisar uma pessoa, time, empresa, produto, serviço e muito mais, ajustando o foco ou quem sou “Eu” e “Outros”.

swot-johari

Outra cartesiano com quadrantes é o de alçada e relevância para uma discussão sobre mudanças, melhoria contínua e ajustes. O eixo Y é relevância/valor, quanto mais importante mais acima, enquanto o eixo X é de alçada e quanto mais para a direita quer dizer que está mais sobre nosso próprio controle.

Não é incomum sairmos de uma retrospectiva, uma instrospecção do time em relação a dinâmica de seu trabalho, pontos fortes e a melhorar no próximo ciclo com proposições para a empresa, para o cliente, etc, menos para nós mesmos, sempre cheios de justificativas e reclamações. Este modelo nos lembra que sempre haverá algo a melhorar em nós …

quadrantemagicoalcada

Para priorização de forma geral, quer produto, projeto, serviço, focado em tática ou execução, é possível modelar um quadro de priorização versus urgência. Esse quadro pode ser usado junto a sua mesa de forma a priorização permanente, revisada no início de cada dia e para nos lembrar qual deveria ser o foco.

Para quem conhece a técnica Pomodoro, no início de cada dia organizamos nossa lista de prioridades, este quadro visual pode ser usado para este fim, lembrando que em cada quadrante a ordem é de cima para baixo e o quadrante mágico é o da direita superior – muito urgente e muito importante:

quadrantemagicodepriorizacao

Há quadrantes mágicos que explicitam uma análise de Produto x Mercado para análises de estratégia e negócios, também para embasar investimento, que também podem contar com uma matriz de Custo x Benefício. Tudo depende da necessidade, estratégica, tática ou técnica, é um desafio escolher a melhor matriz.

Várias delas usamos por algum tempo, quer para estratégia, tomada de decisão, usando como lembretes, aguardando introjetar uma mudança de modelo mental ou na adoção de novas e boas práticas. Nestes casos, as explicitamos visualmente por tempo o suficiente para se tornarem já desnecessárias.

mapa-mercadoxproduto-custoxbeneficio

Em estratégia há matrizes diversas, diferentes autores decidem construir uma matriz própria que atenda sua necessidade, sempre lembrando Shu-Ha-Ri, antes de criar sua matriz tente entender o porque tantas empresas, profissionais e gurus usam as que ai estão postas … é um buffet, tem frango, boi, peixe e vegê!

A seguir mais dois, um para esclarecer riscos ou consistência de uma estratégia ou tática, outro para explicitar quais são os valores críticos para a organização versus complexidade, constituindo-se um quadro de sustentação de decisões anacrônicas … são só exemplos, há outros tantos:

matrizestrategica

Um quadrante mágico clássico preconizado pelo PMBOK e muitas vezes utilizado por equipes ágeis é o mapa qualitativo de riscos, contendo eixos de Impacto e Probabilidade, de forma que quanto mais para a direita temos um maior impacto e quanto mais para cima é porque é ainda mais provável acontecer.

riscos

A moral da história é que raramente uma lista nos oferece uma visão clara e ampla da situação, por exigir leitura, análise e conclusões. Utilizando um eixo cartesiano é possível dar uma maior amplitude e sustentação na visão do que se quer entender, planejar ou gerenciar.

Anúncios

Uma resposta para “Quadrantes Mágicos – Imagens valem mais que listas

  1. Elias Litvin Gendelmann

    Este post esta espetacular ! Parabéns Elias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s